» » » Sargento da PM, que estava de folga, é executado.

O sargento da PM Anchises Avelino de Azevedo Neto, de 47 anos, foi executado na noite deste domingo (14/10) na Comunidade Saco da Lama, em Maricá, no interior do Rio, segundo informações da Polícia Militar. Nenhum suspeito do crime foi encontrado e uma recompensa de R$ 5 mil é oferecida a quem passar informações sobre os responsáveis pelo assassinato do sargento. [Continua abaixo]
E É BARATO. TEM DÚVIDAS SOBRE COMO ANUNCIAR? CLIQUE AQUI
Ele estava de folga e desarmado no momento do crime. A PM foi chamada para a ocorrência de um homem baleado na Rua Professor Joaquim Mendes e ao chegar no local, os gentes identificaram a vítima.

O corpo do policial estava ao lado de uma motocicleta. Ele estava na polícia há 20 anos e tinha três filhos. O caso é investigado na Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Maricá (DHNSG). O sargento estava lotado na 6ª CIA do 12º Batalhão de Polícia Militar.

Segundo informações do Portal dos Procurados, da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro, com a morte do sargento Anchises já chega a 106 o número de agentes de segurança assassinados no Rio em 2018.

Foram 82 da Polícia Militar, seis da Polícia Civil, quatro agentes da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), sete do Exército Brasileiro (EB), um da Guarda Municipal, um da Polícia Federal, dois da Marinha, dois do Corpo de Bombeiros e um da Aeronáutica. Fonte: G1 


COMPARTILHE:

A SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE:

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply