» » » Professora é agredida por mãe de aluna dentro de escola em Cabo Frio.

Cabo Frio. Uma professora foi agredida nesta terça-feira (25/09) dentro da Escola Municipal Professora Talita Hernandes Perelló, no bairro Jardim Esperança, em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio. A informação foi confirmada pela Secretaria Municipal de Educação, que disse que está acompanhando o caso mas sem revelar a motivação. [Continua abaixo]
E É BARATO!!! QUER ANUNCIAR? CLIQUE AQUI
Segundo o município, uma reunião está prevista para a manhã desta quarta (26/09). Também não foi revelado o tipo de agressão sofrida pela professora do Ensino Fundamental II. A escola fica na Estrada Velha de Búzios.

"A Secretaria de Educação está apurando e oferecendo todo o suporte jurídico e pedagógico à professora agredida. Amanhã será feita uma reunião para definir as providências que serão tomadas pela pasta", disse em nota.

A agressão ocorreu uma semana após um professor ser humilhado em uma escola pública de Rio das Ostras, cidade vizinha. Alunos gravaram um vídeo fazendo ofensas, amassando e até comendo o papel das provas. Eles ainda destruíram parte de um quadro e chegaram a lançar uma calça na direção do professor. O caso de Rio das Ostras virou um inquérito policial.

A mãe citada na reportagem fez contato com o G1 e disse que acabou perdendo a cabeça ao tentar conversar pessoalmente na unidade ao saber que a filha, de 13 anos, vinha sendo humilhada e acusada de ter mexido em um caderno.

"Fui à delegacia na sexta para pedir ajuda, pois a inspetora estava humilhando minha filha, dizendo que ela tinha mexido num caderno. Isso nem foi verdade. Na delegacia me pediram para levar testemunhas, mas acabei preferindo ir conversar na escola. Chegando lá hoje, ela me chamou de desequilibrada e não quis pedir desculpas pelo o que fez com a minha filha. Apontei o dedo pra ela, como ela fez com a minha filha semana passada. Ela tirou minha mão e aí começou a confusão", disse a mãe. A assessoria confirmou que a mulher agredida é professora e dirigente da escola, e não inspetora, como mencionado pela mãe. Fonte: G1


COMPARTILHE:

A SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE:

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply