» » » Mulher morre após passar a noite inteira fazendo sexo.


A mulher foi encontrada morta em sua cama pelo último que a satisfez. Um vizinho, de 31 anos, que já conhecia a fama da loira e concordou em passar a noite com ela. De acordo com o tabloide "The Mirror", eles compararam bebida, um estoque de camisinhas e partiram para o apartamento da mulher. [MATÉRIA CONTINUA ABAIXO] 

LEIA COM ATENÇÃO: Divulgamos a sua empresa/produto/serviço em nosso site, e nas contas de Facebook, alcançando mais de 50 mil visualizações por dia do seu anúncio. Trabalhamos a 4 anos e divulgando banners nas redes sociais. DETALHE: Se anunciamos a sua empresa, NÃO ANUNCIAMOS MAIS NENHUMA OUTRA IGUAL, OU SEJA, DO MESMO RAMO. Comece a lucrar já anunciando no Cabo Frio Agora. LIGUE: (22) Tim: 98139-3614 / Oi: 98811-1971 / Claro: 99259-2874 / Vivo: 99934-7183. contato@cabofrioagora.com - (((( Whatsapp: (22) 99275-0294 ))))

No dia seguinte, depois de muito sexo, ela estava morta. O vizinho contou à polícia que a mulher havia cheirado um pó branco antes de transar com ele. Antje costumava ser encontrada nos bares de Munique usando roupas provocativas, um prato cheio para os homens solitários. Alguns deles, percebiam que a mulher queria mais do que eles podiam dar e tentavam fugir das garras da loira, sem sucesso. 

Em abril, Dieter Schultz, 43, resolveu conhecer o apartamento da mulher. Fizeram amor três vezes, até ele decidir que era hora de partir. Mas a loira escondeu as chaves e o forçou a transar com ela mais cinco vezes. Ele esperou ela dormir, e ligou para a emergência. 

De acordo com o noticiário, ela foi indiciada por cárcere privado, entre outras coisas. Outra "vítima" também ligou para a polícia, depois de ela o obrigar a ficar por mais um tempo em sua cama. 

A Ninfomaníaca de Munique não era nada daquilo que o imaginário do que não a conheciam a pintava. Ela falava bem, tinha um pouco de classe, e parecia ser muito envolvente. Uma predadora que um dia havia sido escritora e dona de uma loja de moda. A sua vida mudou quando o vício pelo sexo tomou conta de suas ambições. 

A mãe de Antje contou ao jornal que essa obsessão da filha começou depois que o marido de Antje a deixou por não ser nova o suficiente. Ela teria então entrado em depressão profunda. "Minha filha estava doente"

A polícia alemã informou que vão esperar o laudo do legista, mas acredita que a mulher morreu de causas naturais. Ou um perigosa mistura de sexo, drogas e muita bebida. O coração não aguentou. Fonte: Vírgula UOL

COMPARTILHE:

A SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE:

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply