No Boulevard Canal. 31/01/2011.


Carlos Scliar (21 de junho de 1920 — 28 de abril de 2001) foi um destacado desenhista, gravurista, pintor, ilustrador, cenógrafo, roteirista e designer gráfico.(...)


Participou constantemente de exposições no Brasil e em todos os centros artísticos mundiais, registrando sempre absoluto sucesso. Ativista social, engajou-se em vários movimentos, como o 1º Congresso da Juventude Democrática, na Tchecoslováquia e em manifestações brasileiras, seja produzindo cartazes, seja ilustrando livros e revistas.(...)

A partir de 1960, Scliar passou a viver exclusivamente da pintura, realizando inúmeras mostras individuais com trabalhos criados em seus ateliês de Cabo Frio.(...)

As obras de Carlos Scliar podem ser vistas em acervos de museus e coleções nacionais e estrangeiras.

Cremado ao falecer, suas cinzas foram lançadas no Canal do Itajuru, em Cabo Frio.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply